sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

A revista do ano 2010

O ano de 2010 está quase a acabar, para aqueles que seguem o calendário Gregoriano. Mas calendários há muitos e também evoluem ou mudam. Tal como nós cá por casa e este blog também. Há sempre novos desportos para experimentar, novos lugares para descobrir e novas experiências que nos vão formando para o que nos resta desta vida. Não sei se há outras vidas mas esta é, garantidamente, curta. Por isso, cá por casa, aproveitamos todos os "bocadinhos" para a viver.

O ano de 2010 foi marcante nas nossas vidas. O próximo também o será, pelas mesmas razões. O desporto continuará a ocupar grande parte dos nossos tempos livres. Continuaremos a arrumar a casa durante a semana, a ir ao supermercado durante a semana, a lavar a roupa e a passar a ferro durante a semana, para termos os fins-de-semana completamente livres para o desporto. Para nós.

No ano de 2010 iniciámos as caminhadas mais a sério. Percorremos cerca de 300 (trezentos) quilómetros, desde os Picos de Europa à Via Algarviana. Também andámos pela cascalheira do PNSAC, pela beleza das cascatas de Vila de Rei e dos Caminhos de Xisto da Benfeita. Fizemos caminhadas nocturnas e gastronómicas. Muitas das caminhadas foram feitas junto ao mar, foram muitos anos a ver o mar da janela do quarto que leva a esta "necessidade".

Foi em 2010 que comecei a correr, a Tânia não gosta, tendo participado na simpática corrida pela Diabetes e na grande confusão da Corrida do Tejo.

O ano de 2010 também teve muito BTT. Cada um dos quase 3000 (três mil) quilómetros tem uma estória para contar. E foi contada aqui no blog. Da nossa peregrinação a Santiago de Compostela ainda só há fotos, mas as palavras chegarão. Estamos a precisar de um fim-de-semana muito chuvoso para ficar em casa. Mesmo com avisos da meteorologia temos andado por aí, a pedalar, a caminhar.

Os Caminhos de Santiago são para recordar e repetir sempre que possível, de bicicleta ou a pé. Foram momentos mágicos, desde o tempo de espera junto à Sé do Porto para carimbar a Credencial do Peregrino ou quando saltávamos, literalmente, para dentro das fontes para nos refrescarmos dos quarenta e tal graus de temperatura. Até houve tempo para uma horita de piscina. Os relatos diários vão aparecer.

Também fizemos algumas travessias de dois dias. A travessia de Lisboa a Vila Velha de Ródão foi memorável, também com muito calor. Este ano embarcámos, pela primeira vez, na peregrinação dos Maníacos do Pedal até Fátima. Na altura andávamos a treinar para os Caminhos de Santiago. Levámos as mochilas às costas e ainda fomos apanhar o comboio a Tomar. Até Lisboa não houve descanso, passámos a viagem a ouvir os escuteiros cantar.

Experimentámos pela primeira vez a conhecida Maratona Internacional da Idanha, aceitámos o desafio Sicó (A Idade da Pedra), ficámos a conhecer os melhores trilhos entre o Entroncamento e Fátima, participámos em muitos passeios dos Maníacos do Pedal e ainda participámos numa Dança do Sol, na Arrábida.

As nossas melhores voltas tiveram ou altas temperaturas ou chuva intensa. Fica na memória um passeio, a dois, que fizemos na zona de Marvão com uma passagem por Espanha. Choveu intensamente durante todo o dia, havia riachos por todo o lado, por vezes até nas estradas. Mas, nunca nos passou pela cabeça desistir. Foi memorável, nunca iremos esquecer as paisagens e as dificuldades.

Depois fomos a Santiago de Compostela. Ao passar pelos peregrinos a pé, ficámos com vontade de experimentar. E iremos experimentar, por isso começámos nas caminhadas. Descobrimos locais maravilhosos e com uma logística facilitada temos andado por aí.

Para o novo ano que está quase a chegar, há novos desafios, novos projectos, novas experiências.

Entrem com o pé direito, ou com o esquerdo ou com os dois ao mesmo tempo. Feliz 2011.

2 comentários:

§andra disse...

Bonito relato ;-) Espero que 2011 seja tão bom ou melhor, que 2010. Beijinhos aos 2 , e continuem assim ;-) aproveitem enquanto não há meninos , ehehehhe.

Feliz 2011

Sandra

lidia disse...

Olá companheiros.Gostei da rectroespectiva dos vossos fins semana desportivos, pois fiquei a saber que durante a semana se fartam de trabalhar :=)
Pois...fui tb sendo espectadora assidua do vosso blog e há sempre coisas que nos marcam até a nós.Não parem,pois o desporto mantem-nos sãos(na cabeça e no corpo).
Um bom ano pra vós, com tudo tudo de bom e espero poder partilhar convosco novas façanhas neste novo ano.
Um forte abraço e estraguem muito esses sapatinhos.