sábado, 10 de janeiro de 2009

Casa Branca - Pinhal Novo (By ProjectoBTT)

Tivemos conhecimento deste passeio a meio da semana. Mas nada podíamos decidir. As bikes estavam na oficina por razões "conjugais". A nova corrente não casava com o velhinho prato de 22 dentes. O prato só queria chupões. Tivemos de trocar o prato. Só ficaram prontas na sexta-feira à tarde. Como tinha havido umas desistências (talvez devido ao frio e ameaças de neve) ainda havia lugar para nós.

A partida era às 7:05 do Pinhal Novo, de comboio, em direcção a Casa Branca. Não a White House dos EUA. Esta é uma pacata aldeia em pleno Alentejo. Começámos a fazer contas a que hora é preciso acordar. 4:30 é boa hora. Hmmm, vamos dormir mais 10 minutos. E por volta das 4:40 era só despertadores e telemóveis a fazer barulho lá em casa. Estava na hora de levantar e rumar para mais uma aventura. Às 5:40 já estávamos na estação de serviço da ponte Vasco da Gama para o necessário café. Tínhamos combinado lá com o Pacha para seguirmos juntos à descoberta da Tasca do Xico. Chegámos todos antes da hora...

Na Tasca do Xico já lá estava pessoal. Foi só aguardar um pouco até chegar a carrinha que iria transportar as nossas bikes até Casa Branca. Nós fomos de comboio.



Chegados a Casa Branca tivemos de esperar pela carrinha das bikes. Aproveitámos para começar a combinar uma próxima hiper-mega aventura. Bem, se calhar é só mega.

Assim que chegou a carrinha, cada um agarrou na sua bike, colocou o dorsal (sim, havia dorsal) e fizemos-nos aos trilhos para aquecer o corpo. Estavam praí uns 0ºC. Mas a prometida neve, nem vê-la. Foi pena. Acho que toda a gente estava a fazer uma forcinha para que nevasse.



O percurso foi muito rolante mas extenso. Cerca de 100 quilómetros com quase 600 metros de acumulado de subidas.



No Camelbak levávamos uns sacos de plástico para colocar nos pés ao atravessar as ribeiras. Mas não foram precisos. Como não choveu nos últimos dias, o caudal diminuiu e dava para passar. Quando passava uma ribeira pensava: "Boa, menos uma ribeira pela frente".



O almoço estava combinado em Vendas Novas. Bifanas. Chegámos lá e encontrámos um local como uma decoração em tons de verde. Acho que tem a ver com futebol! Do outro levesinho que resolve! Irra, até os azulejos da casa de banho eram iguais aos do estádio...

Quanto ao almoço, fomos presenteados com uma saborosa e quentinha sopa de peixe. Que bem que soube. Para mim nem era preciso as bifanas. Mas houve também entradas, fruta e café. Tudo por 5 euros! Ah, e bolo de aniversário do Projectista Ginginha.





Ainda em Vendas Novas tirámos a foto de grupo. Éramos praí uns 40!



O almoço deu forças ao pessoal porque começou toda a gente a dar uso à talega. Também aderimos e assim fomos saltando ou deixando ir alguns grupos que se foram formando. Quase a chegar ao Pinhal Novo fomos alcançados com um grupo (não vou dizer nomes LOL) que se tinha perdido e andou a saltar vedações.

E assim foi uma volta "à maneira" magnificamente organizada pelo pessoal do ProjectoBTT.

FOTO-RESCALDO no ProjectoBTT

2 comentários:

Pacha disse...

Goza, Goza!
Pode ser que sejas tu o próximo a passear perdido com track de GPS errada!!!

Para registo ficam os 20 e tal kms que fiz no grupo da frente sempre acima dos 30kms\hora.

Miguel disse...

Ahhhhh, tinhas um track errado. Pensei que te tinhas distraído e saído da rota.